terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Um novo ano, e ninguém sabe para onde ir!

Para cada um de nós, o ano novo traz uma pergunta implícita: O que está por vir? O que terei de enfrentar? Como será minha vida neste novo ano? Através da história de Abraão, Deus nos dá mostras de que podemos confiar nEle.
Lemos no chamado capítulo dos heróis da fé: “Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia” (Hb 11.8). O homem de hoje está concentrado em ter garantias e em ter um plano bem organizado. Ele quer saber por qual caminho seguir e se pergunta no que pode confiar. Resumindo: ele quer considerar todas as eventualidades para poder calcular de forma exata e com antecedência quais atitudes deve tomar. Dificilmente alguém estará disposto a ir para algum lugar ou a assumir alguma tarefa sem conhecer os detalhes, sem determinadas premissas e garantias. A história da vida de Abraão também toca a nossa vida. No começo havia incerteza, mas no fim ele se transformou em exemplo e até no pai de todos aqueles que crêem (Rm 4.11). O motivo foi a sua confiança inabalável no Deus vivo e em Suas promessas. A maior segurança em meio a todas as inseguranças deste mundo é crer na Bíblia.

A maior segurança em meio a todas as inseguranças deste mundo é crer na Bíblia.
Abraão não podia fazer nada além de acreditar naquilo que Deus lhe dizia. Essa atitude de fé é o mais importante que uma pessoa pode ter. A vida de Abraão foi marcante porque ele obedeceu pela fé e atendeu ao chamado divino. Sua fé foi colocada em prática. Fé e ação andam juntas como o violino e o arco, ou como a chave e a fechadura de uma porta. Se falta uma parte, a outra é inútil, pois não há como tocar uma bela melodia, não há como abrir ou fechar a porta. Abraão tinha “somente” a palavra de Deus. O Senhor chamou-o a sair de seu país, a deixar seus relacionamentos e abandonar tudo o que tinha conseguido até então – sem saber para onde iria. Mas, olhando para o restante da história de sua vida, reconhecemos o maravilhoso objetivo que Deus alcançou com Abraão.
Entramos em um novo ano sem saber para onde ele nos levará. Talvez o Senhor Jesus tenha colocado em seu coração um certo fardo, um desejo de fazer alguma coisa em Seu Nome, e talvez você tenha de dar um passo ousado. Também pode ser que você tenha sido chamado por Deus para executar uma tarefa mas não sabe como continuar nem para onde isso o levará. Abraão simplesmente se pôs a caminho, impelido pelo poder da Palavra de Deus.
No começo deste novo ano é muito importante ter isto diante de nossos olhos: precisamos nos pôr a caminho, juntar forças a cada momento e orientar-nos para o alvo. E nosso alvo são as coisas de Deus. É perfeitamente possível que durante o trajeto sejamos assaltados pelo medo, pois a dor, a tristeza, as preocupações e outros sofrimentos podem surgir em nossa vida. Pode ser que às vezes fiquemos resignados no caminho. Mas isto não deve impedir-nos de continuar marchando em direção ao desconhecido, ao futuro – confiando nas firmes promessas de Deus. É exatamente nessa área da nossa vida que a nossa fé no Senhor precisa de um novo impulso.

Pode ser que às vezes fiquemos resignados no caminho. Mas isto não deve impedir-nos de continuar marchando em direção ao desconhecido, ao futuro – confiando nas firmes promessas de Deus.
Depois de listar os heróis da fé (Hebreus 11), a Bíblia nos diz como alcançar o alvo: “...olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma” (Hb 12.2-3).
Depois que Abraão chegou à Terra Prometida, ele teve de suportar muitos testes de sua fé. Enfrentou a tentação de confiar mais em sua própria carne do que no Senhor que havia lhe dado a promessa. Em algumas situações de crise, tomou as rédeas em suas próprias mãos e foi derrotado. Mas o Senhor, em quem Abraão tinha depositado sua confiança, não o deixou cair. No fim, triunfaram a fé de Abraão em Deus e a fidelidade de Deus para com Seu amigo. O autor da carta aos Hebreus descreve a fé de Abraão com as seguintes palavras: “Pela fé, peregrinou na terra da promessa como em terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa” (Hb 11.9).
Nós também podemos, neste ano recém-iniciado, manter a fé nas promessas de Deus, mesmo quando os outros não nos compreendem e mesmo quando nos vêem como “estrangeiros” em seu meio. A fé em Jesus Cristo, em quem todas as promessas têm o “Sim” de Deus e por quem é o “Amém” (2 Co 1.20), nos ajudará a superar tudo o que é passageiro nesta terra até chegarmos ao grande alvo final. O caminho da nossa existência vai da tenda passageira da vida terrena para junto do Deus eterno.
O objetivo de vida de Abraão era o mais elevado que uma pessoa pode almejar. Ele não somente sonhava com uma cidade melhor, mas a aguardava com expectativa viva e cheia de esperança: “...porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador” (Hb 11.10). Abraão morreu e não conheceu esse lugar durante sua vida na terra, mas ainda assim ele esperava pela cidade eterna de Deus.

A fé em Jesus Cristo, em quem todas as promessas têm o “Sim” de Deus e por quem é o “Amém” (2 Co 1.20), nos ajudará a superar tudo o que é passageiro nesta terra até chegarmos ao grande alvo final.
Não sabemos quando Jesus voltará; portanto, seria tolo tentar fazer algum cálculo. Mas uma coisa é certa: também neste ano podemos esperar pela volta de Jesus e pela Jerusalém eterna. Quer o Senhor volte neste ano ou não, quer vejamos o Arrebatamento ou tenhamos de morrer antes – o objetivo e a esperança é a vida eterna com o Senhor, que nos comprou por Seu precioso sangue e que voltará para a Sua Igreja. Um dia isto acontecerá: os mortos em Cristo e aqueles que ainda estiverem vivos serão arrebatados para a presença do Senhor (1 Ts 4.15-17) e terão sua morada na Jerusalém celestial (Ap 21.9-10).
Abraão acreditava nessa cidade. E quando foi convocado a sacrificar seu único filho, Isaque, a respeito de quem o Senhor tinha feito tantas promessas, ele “considerou que Deus era poderoso até para ressuscitá-lo dentre os mortos” (Hb 11.19).
Sejamos cristãos que esperam pelo seu Senhor, neste novo ano mais do que nunca! Então valerá também para nós a maravilhosa promessa: “Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra” (Ap 3.10).
Neste sentido, desejamos a todos os nossos leitores um ano novo ricamente abençoado pelo Senhor. Maranata! (Norbert Lieth - http://www.chamada.com.br)

Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite, janeiro de 2009.

Revista mensal que trata de vida cristã, defesa da fé, profecias, acontecimentos mundiais e muito mais. Veja como a Bíblia descreveu no passado o mundo em que vivemos hoje, e o de amanhã também. Assine aq

Perola Diaria 16/03/2012

"Porquanto, para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro." (Filipenses 1.21) Quando meditei sobre esta passagem fiquei muito comovido e concluí: Cristo deve ter a prioridade em minha vida! Certamente todos concordamos com isso em teoria, e dizemos sim a Jesus. Mas será que a nossa vida pessoal também é assim no dia-a-dia? O que está em primeiro lugar em minha vida? O meu trabalho, a minha família, os meus interesses – ou de fato unicamente Jesus Cristo? Se Ele realmente está em primeiro lugar em sua vida, todas as outras coisas adquirem o devido valor. Quando continuamos meditando mais sobre este texto, somos tocados pela palavrinha "é". "Para mim o viver é Cristo." O nosso problema é que temos a inclinação de deixar isso para mais tarde, argumentando: "Certamente quando chegar a hora, o Senhor Jesus será tudo para nós." Mas isso está errado, pois agora, neste exato momento, Ele, a quem foi dado todo o poder no céu e na terra, é a nossa vida. E se esse é de fato o nosso caso, então não há mais lugar para coisas negativas e obscuras, nenhuma incredulidade e falta de fé terá espaço em nossa vida. Então não somos mais determinados ou oprimidos por sentimentos ou emoções, pois o nosso íntimo estará tomado por Jesus Cristo, e poderemos dizer de verdade: "Para mim o viver é Cristo."

facebook

Hemofobia

Ocorreu um erro neste gadget

Imagem Folheados

Biblia Onlaine

Pesquise nas Escrituras
[ Ex.: graça | Ex.: Gn 1:1-10 ]

Faça o seu cadastro.

Deus é amor

Profecias Brasil.com- Site Evangélico Sobre o Apocalipse Bíblico, Profecias para o Brasil Anticristo, Estudos Bíblicos, Milagres, Sinais dos Tempos Besta, Arrebatamento, fé. Profecias!

Voce pode Criar sua conta no pague seguro , e é gratis

Vídeo não pode ser exibido.

Notiçias

Ferramenta Gospel

Pérolas Diárias

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas..." João 14.1-2

Como será maravilhoso quando chegaremos à casa do Pai! Em nossa vida há muitos "primeiros dias" dos quais todos nós nos lembramos: o primeiro dia na escola, o primeiro dia no emprego, etc. Todos esses são dias inesquecíveis, especialmente o primeiro dia na nossa vida espiritual, o dia da conversão, que sempre deve ser uma lembrança viva para nós. Mas você jamais deveria dizer: "O primeiro dia depois da minha conversão foi o dia mais glorioso da minha vida". Pois essa glória, esse amor ardente que você tinha logo que se converteu você precisa também agora. Você tem hoje o mesmo Salvador que teve naquela oportunidade! As Escrituras dizem: "Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre." O primeiro dia que você passará na eternidade será o seu último dia sobre esta terra! Essa grandiosa realidade não deve ser ignorada. Não é em vão que o salmista diz: "Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio." Os tolos que vivem e se comportam nessa vida como se fossem viver eternamente são cegos, pois todos nós passaremos para a eternidade, e isso muitas vezes acontece repentina e inevitavelmente. Esse dia "X" será nosso último dia aqui sobre a terra e o primeiro dia na eternidade.

Leia Gospel

Leia Gospel + Os melhores links Gospel Links Gospel

Doação

.

Letras e musica


mais músicas no letras.com.br

visualizações

Compre barrato