Crise: França registra o maior nível de desemprego dos últimos 12 anos

O número de desempregados na França cresceu pelo sétimo mês consecutivo e é 5,2% maior que o registrado no mesmo período de 2010. O número de desocupados de novembro foi o pior dos últimos 12 anos e chegou, segundo o Ministério do Trabalho do país, a 2,8 milhões de pessoas – uma elevação de 1,1% em comparação a outubro, representando quase 30 mil pessoas a mais em busca de emprego.
Com um aumento de 2,2% em comparação a outubro, o desemprego cresceu duas vezes mais entre os jovens com menos de 25 anos. Os adultos que têm entre 25 e 49 anos fazem parte do grupo de desempregados que menos cresceu – 0,7% em novembro e um aumento de 2,9% em todo o ano de 2011.
Os trabalhadores acima de 50 anos também estão entre os mais atingidos pela crise econômica. Nesta faixa etária houve um aumento de 1,5% no número de desempregados em novembro de 2011 e 15,4% em comparação com o mesmo período no ano passado.
A agência francesa de emprego, o Pôle Emploi, registrou elevação no número de ofertas de trabalho em 14,8% neste ano. Mas as previsões para 2012 são sombrias. Segundo o Instituto Francês de Estatísticas e Estudos Econômicos, o Insee, a taxa de desemprego na França pode chegar a 10% em junho do próximo ano.
*Com informações da Agência Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Auto Hemoterapia pode curar

Cloreto de Maguinesio pode curar